Eureka Seven Ao

Finalmente, depois de sete anos de sua estreia original, chega o novo Eureka Seven (que ninguém pediu). Venha junto com a minha pessoa acompanhar essa mais nova adição à franquia.

Como alguns já podem saber, tenho um carinho pela série, como já falei do anime, manga, novel e do jogo. Então o certo seria que tinha ficado muito feliz com esse novo, mas algumas coisas tinham me deixado com o pé atrás, como a saída do character design e do escritor. Agora vamos ver como ele se saiu sem essas peças chave, fiquem com o primeiro episódio de Eureka Seven Ao.

Posso dizer, para a minha felicidade, que foi uma ótima estreia, a qualidade do character design não ficou tão ruim como eu estava esperando, ainda não é no nível do primeiro, mas muito bom no geral, isso quanto à arte. As personagens em si ficaram boas, poderia dizer que ficou original, tem um ou outro que é normal ver em todos os animes, mas uma boa porção de designs originais, com direito ao principal ser um Super Sayadin verde.

A história se passa em um possível futuro [SPOILER] como no primeiro anime tinha a terra debaixo da terra onde eles viviam, planeta dentro do planeta, planetaception [/SPOILER] que se passa em uma versão de Okinawa, que parece ser um pais livre que a diferentes alianças o querem, o que não fica muito bem explicado.

Falando em não ficar bem explicado, isso acontece muito nesse primeiro episodio, temos uma nova nomenclatura de robôs, partes e veículos, que eles não se dão ao trabalho de dizer o que cada uma é. Temos um suposto filho da Eureka, que não faz muito sentido visto que eles estão no futuro, ou talvez uma dimensão paralela, como eu disse, não explicado; o Scrub Coral agora é teleportado em forma de meteoro que sai de uma Seven Swell com círculos mágicos? E Tokyo foi destruída, e só a Eureka pode salvar a todos, confuso much?

O que é bom, um bom começo, de qualquer coisa, é legal levantar varias perguntas, para serem respondidas no futuro, e esse aqui vai ter MUITA coisa para explicar nos seus 26 ou 51 episódios? Ainda não foi confirmado, mas aposto em 51+-.

O novo protagonista é Ao,  que vive com um doutor que o adotou após a sua mãe sumir. Uma coisa para falar sobre é que ele é totalmente diferente de seu suposto pai, pensando que a Eureka não saiu vadiando por Okinawa. Ele não fica choramingando ou putinho por nada, ajuda sua amiga/interesse romântico sem nem pensar duas vezes; luta com pessoas maiores que ele por aquilo que lhe é precioso, uma boa personagem até agora, a questão é ver como vão evoluir ele.

Não teve nada de Mecha Action, assim não podendo falar muito sobre o mecha design, mas o que deu para ver ficou bem diferente dos antigos; apenas mostro o inimigo mais genérico possível que já foi usado em vários animes destruindo a cidade e a Generation Blue, uma firma com seus mechas particulares que provavelmente vai ser antagonista no começo para depois ficarem amiginhos.

Uma boa estreia, com coisas o bastante para deixar com vontade de voltar por mais, e eu vou voltar por mais. Semana que vem vai ter mecha action, Ao virando Super Colariandin e Generation Blue em ação, voltem aqui nesse mesmo blog nesse mesmo horário para o acompanhamento semanal sobre, até mais. E VÃO VER ESSE PORRA!

Anúncios