D&D Old CRPGs at GOG.com – Promoção!

Todo mundo já deve ter notado que nos meus posts (que eu meio que parei de fazer) eu sempre coloco links para um tal de “GOG.com”. Deixe-me dizer só uma coisa: esse é o melhor site do mundo. Good Old Games (ou GOG) é um serviço de distribuição digital de jogos de PC, com especialidade em jogos semi-novos, antigos e MUITO antigos. O site traz hoje mais de 300 títulos, todos configurados para uma fácil instalação em sistemas mais modernos (usando DOSBox ou ScummVM, por exemplo) e sem DRM, anti-pirataria que muitas vezes acaba atrapalhando mais quem compra o jogo honestamente do que o próprio pirata.

Eu amo esses caras, mas o quê me faz falar deles hoje é essa tremenda promoção

Até o dia 28 de Fevereiro (terça-feira), comprando qualquer jogo baseado no famoso sistema Dungeons & Dragons de RPG você leva mais um grátis, além de uma cópia de Temple of Elemental Evil (se você já não o possuir no site). São três jogos por 9,99 dólares. Vou tentar em poucos parágrafos dar informações sobre os jogos da promoção e minhas indicações, mas sem entrar em muitos detalhes pois muitos deles merecem seu próprio post de review (que eu posso vir a fazer um dia).

De cara a primeira indicação é Planescape: Torment (1999), sem dúvida um dos melhores jogos que eu já joguei. E olha que eu nem sou um super-fã de D&D – talvez seja por isso que esse jogo que usa como base o pouco tradicional cenário de campanha Planescape tenha me conquistado. Ele foi desenvolvido pela Black Isle, a mesma dos Fallouts originais (ou como dizem na minha casa “os Fallouts bons”), não preciso dizer mais nada. O jogo brilha principalmente no seu script, com conversas gigantes, dezenas de opções e escolhas que importam; criando uma experiência que beira a de um livro, um ÓTIMO livro. Genial, um dia eu volto e escrevo 2000 palavras sobre ele.

Existia um tempo quando nós tínhamos de saber LER para jogar. Maluquice, eu sei. (1999, Planescape: Torment)

Em seguida vem a série Baldur’s Gate (o primeiro em 1998, o segundo em 2000). Sabe de quem são esses jogos? BIOWARE! TODO MUNDO AMA A BIOWARE (menos quando eles lançam aquele Dragon Age 2, ou vem colocar Multiplayer no meu Mass Effect). Sinceramente eu não cheguei a jogar muito de nenhum dos dois; respeito muito por fanboyzismo pela developer. A opinião geral  é que ambos são clássicos que definiram muito do trabalho da empresa nos anos seguintes (Baldur’s Gate I foi seu primeiro RPG), Dragon Age: Origins, por exemplo, não seria nada sem seu avô Baldur’s gate. Ambos os jogos estão completos com as expansões.

Também da Bioware um título que deve ser conhecido de muitos: Neverwinter Nights (2002) em sua versão mais “completa”. Completa entre aspas por que se trata de um jogo infinito para quem tem uma conexão com a internet, não só por seu modo multiplayer, mas também pelas centenas de MODs e campanhas criados por fãs da série. Posso estar falando besteira, mas acho q NWN foi um dos primeiros jogos a disponibilizar ferramentas de criação de MODs, dando completo suporte à criatividade dos fãs.

E finalmente eu falei de um jogo 3D! (2002, Neverwinter Nights)

A seguir, também da Black Isle, temos a série Icewind Dale (o 1 de 2000, e o 2 de 2002). Essa eu não conheço praticamente nada, só posso afirmar que ela troca o foco do CRPG cheio de histórias, side-quests e escolhas para uma aproximação mais tática, dando prioridade para grandes batalhas e a criação e controle de uma party balanceada e preparada. É da Black Isle, usando a mesma engine dos Baldur’s Gate e do Planescape, acredito que não tenha erro para um fã de D&D ou de RPG. Ambos também em versões completas.

Por último temos o brinde, The Temple of Elemental Evil (2003). Desenvolvido pela Troika Games (reencarnação da Black Isle que também já morreu) a opinião pública aponta que o quê o jogo deixa a desejar na história e no role-play ele tem de bom nas batalhas e na transcrição das regras da versão 3.5 do sistema. Como os outros títulos da Troika (os quais eu sou apaixonado) é bem possível que sejam necessários alguns fã patches para tornar a experiência 100% agradável pelos bugs que podem acontecer.

Turn-based stuff, I LOVE YOU. (2003, Temple of Elemental Evil)

A promoção ainda conta com Dungeons & Dragons: Dragonshard (2005) e Forgotten Realms: Demon Stone (2004), o primeiro um RTS a la Warcraft 3 e o segundo um action RPG. Não posso dizer nada sobre eles – não conheço nada a mais do que está nas fichas deles no GOG.

Desnecessário dizer que eu já comprei tudo isso aí (menos os dois últimos), parte no Natal e parte agora.

Bom a promoção é essa, acho que é uma ótima oportunidade para todos conhecerem esse incrível serviço. Se você não gosta desses títulos sem problemas, dê uma olhada no catálogo deles – é impossível que não tenha nada ali que te traga lembranças da infância. Se achar que está caro, é só esperar um pouco; todas as semanas eles fazem novas promoções, além das loucuras de Natal que no ano passado me fizeram muito feliz.

Pessoal, só de fazer a conta você ganha 6 jogos grátis, não tem como errar. Join me and the Good Old Games.

Anúncios