Rokko Chan

Já desejou que Megaman fosse mais moe?

2011 foi um ano ruim para os fans de Megaman, com o cancelamento do tão aguardado Legends 3 e com a saída do pai da franquia, Keiji Inafune, da Capcom; assim deixando o futuro do querido Blue Bomber algo muito incerto.

E é assim, que Rokko Chan veio para encher os corações dos fans, com nostalgia, novidade e muito amor; tendo gráficos 8-bit muito bem feitos, reminiscente dos antigos jogos e uma trilha sonora perfeita, essa homage ao clássico veio no momento certo.

Sendo uma mistura do velho: seis robot masters, algo apenas usado no primeiro jogo; gráficos e musica; password estilo Megaman 2 e é claro a dificuldade. E certas mecânicas de alguns mais novos, como dash, um pulo alto e achievements, afinal, parece que é crime fazer um jogo sem hoje em dia; sem duvida a combinação perfeita.

A história é tão básica quando antigamente, Dr.MAD é do mal é quer dominar o mundo(OF COURSE!) e Dr.SANE é do bem e cria Rokko Chan, que mesmo contra a vontade de seu pai, quer salvar todos. Como games antigos ele apenas lhe dá um motivo para destruir robôs do mal.

O level design não é tão bem trabalhado como os antigos, mas não são ruins, principalmente com certas adições muito interessantes em cada level, como por exemplo a pedra gigante na caverna, a qual tem que se fugir enquanto tendo que destruir as paredes que bloqueiam o caminho

Rokko Chan é uma ida ao passado sem deixar o futuro, vocês podem jogar o jogo AQUI; recomendo baixar o Joy2Key, pois jogar esse tipo de jogo no teclado, não é a idéia mais brilhante de todas. E aqui tem alguns extras, o fantástico ARTBOOK e SOUNDTRACK.

Anúncios